Pesquisa

Próximas Leituras

Anna Martinelli On quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Título: A Falsa Princesa  
Autora: Eilis O’Neal 
Editora: Farol Literário 
Edição: 1ª (2013) 
Páginas: 408
Título Original: The False Princess

Sinopse
Princesa e herdeira do trono de Thorvaldor, Nalia leva uma vida privilegiada na Corte. Mas, logo após seu aniversário de dezesseis anos, ela descobre que é uma falsa princesa e que foi colocada no lugar da verdadeira para protegê-la. Obrigada a deixar o palácio com pouco mais do que suas roupas, a garota, agora chamada de Sinda, terá de abandonar a cidade, seu melhor amigo, Kiernan, e a única vida que ela conhecia. Enviada para viver com a tia no interior, Sinda não se mostra capaz de executar nem a mais simples tarefa. Mas, para sua surpresa, ela descobre que uma intensa e perigosa magia corre por suas veias, e que ela jamais será apenas uma humilde camponesa. Sinda retorna à cidade em busca de respostas. Reencontra o garoto que se recusou a abandoná-la e desvenda segredos que podem mudar a história de Thorvaldor para sempre. Com uma trama surpreendente e uma aventura de tirar o fôlego, A falsa princesa é um grande romance de fantasia e uma história que encantará os leitores. 

Resenha:
Por mais que eu tentasse nunca consegui escrever essa resenha de um jeito normal. Comecei a escrevê-la mentalmente na segunda metade do livro, quando já havia me apegado de tal forma que poderia encher páginas descrevendo a história de Sinda Azaway. 
A história é tão completa e cheia de detalhes que resolvi escrever a resenha sendo fiel a esses detalhes, dividindo-os em tópicos. 


1.Contexto Histórico.

“A Falsa Princesa” se passa mais ou menos no ano de 1.160.  Detalhe que só descobrimos na metade do livro, mas mesmo assim a autora é bem criteriosa ao narrar costumes, vestimentas e arquitetura da época. 
É importante dizer que a linguagem abordada no livro não condescende a época, o tornando o livro mais fácil e deixando que a história fluísse melhor. 


2. Magia

No começo do livro, pensei que esse assunto seria levado superficialmente no decorrer da história, mas no momento que em Sinda descobriu seus poderes o tema se torna bem frequente, e constrói personagens adaptados a essa temática. 
A magia é retratada de forma corriqueira, onde todos do reino têm conhecimento dos Magos e Magas (como são chamados os que são dotados de magia). Além de terem grande prestigio na sociedade e na corte. Então esse não é um livro onde se aborda a magia como algo proibido e secreto. 


3. Personagens

Poucos são os livros em que mais de um personagem se torna o meu favorito, mas tenho que admitir que Eilis O’Neal me fez assumir uma nova perspectiva. Me encantei por quase todos eles, e mal sei dizer qual gostei mais. 
-Sinda Azaway: A protagonista foge do padrão na medida certa. Ela não é atrevida e extravagante como Lucia (do livro Muito Mais Que Uma Princesa), mas também não é tão dependente e indefesa como Ever (da saga Os Imortais) ou Bela (da saga Crepúsculo). Ela é um pouco atrapalhada e bem desastrada e sempre se sentiu deslocada, mas se adaptou o melhor possível a qualquer situação que fora imposta.

-Kiernan Dulchessy: *suspiros* Ele é provavelmente o melhor amigo que qualquer garota gostaria de ter. Ele e Sinda eram melhores amigos desde crianças, quando ela ainda era a princesa e foi o único que se recusou a abandona-la quando até mesmo os pais adotivos dela - o Rei e a Rainha - a largaram no mundo. Kiernan ajudou durante todo o tempo, em todas as suas aventuras, sempre se mostrando alegre e espirituoso. Gostei que nada nunca o abala, a não ser quando se trata de Sinda. Ele é carismático, lindo, convincente e amigo. (Acho que é provavelmente o meu favorito).

-Philantha Sovrit: Ela sim é a extravagante. Uma poderosa Maga que foge das regras, não respeita tradições e talvez não reconheça todo o seu prestígio, mas foi ela quem acolheu Sinda quando ela precisava e a ajudou a lidar com o processo de transformação de Sinda em Maga. 

-Mika: Não posso dizer exatamente seu papel no livro, já que estaria dando spoiler, mas é certo dizer que ela é... Diferente. E que está destinada a fazer grandes coisas. 

4. Romance

Bem desenvolvido? Sim. Necessário? Não. 
Acho que é bem previsível como a coisa toda vai se desenrolar e por mais que eu ame livros românticos não sei se era tão necessário fazer com que Sinda e Kiernan se apaixonem. Gostava da ideia deles como amigos e acho que a autora provou que não acredita em um laço forte de amizade entre um homem e uma mulher. 
Entretanto, a história foi tão bem elaborada que o romance se tornou bem-vindo e consegui me apaixonar por Kiernan ainda mais. 


5. Comentários Gerais

O livro é tão imprevisível que eu o separei em fragmentos. 
O começo é um pouco parado, se passa na transição da princesa em plebeia, e um fato importante que eu reparei é que a autora não faz rodeios. Logo nas primeiras páginas há a revelação que muda a vida de Sinda para sempre. 
A história é viciante e a narração em primeira pessoa é bem intensa e divertida. 
Os personagens são bem elaborados e diferentes uns dos outros. 
Esse foi um dos livros mais imprevisíveis que eu já li. Em momento nenhum poderia imaginar que a história se desenrolaria dessa maneira e qualquer detalhe além da sinopse foi uma completa surpresa. 
Enfim, eu gostei muito do livro, é uma leitura fácil e dinâmica que mistura os gêneros de aventura, romance e magia. Recomento para amantes desses gêneros. Além de ser uma grande oportunidade para quem procura livros de épocas mais antigos. 

"Nunca fui muito como uma princesa, pensei. Sempre fui muito tímida, muito desajeitada, muito desprovida de verniz social. Mais confortável na biblioteca do que em um banquete, muito propensa a tropeçar ao descer uma escada ou bater com a canela ao me levantar de uma cadeira. Meu cabelo está sempre desarrumado, meus olhos e meus dedos estão sempre cobertos de tinta. Uma verdadeira princesa não seria assim. Eu devia saber. Devia ter imaginado." 




{ 4 comentários... read them below or Comment }

  1. Oi! Adorei o blog. Seguindo, claro!
    Beijos,
    Isabelle
    http://www.verbosdiversos.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá o/

    Indiquei seu blog para um selo =)
    Espero que goste!

    Beijos!


    http://meumundodepois-da-meia-noite.blogspot.com.br/2013/11/selo-liebster-award.html

    ResponderExcluir